segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Reflexão.

   Sempre que se fala em morar fora do país, pensamos em quanto a vida pode mudar, as oportunidades que irão aparecer e de toda a experiência de vida que se pode adquirir. É muito bom viver em um país de primeiro mundo, tudo do bom e do melhor em termos de qualidade de vida lhe é oferecido, claro que tudo tem seu preço e nem sempre podemos pagar o mesmo.
   Quando criança, sempre fui muito apegada a minha mãe é isso durou até a adolescência e posso dizer que parte da vida adulta, mas a vida e Deus são tão sábios, que aos poucos foram me ensinando a me desligar dela e aprender a viver minha vida. 
   Depois que me mudei para este país, passei por várias situações que gostaria de estar no Brasil, junto à minha família, e sei que ainda haverão muitas que irão me despertar o mesmo sentimento. A cada aniversário de um ente querido, de um amigo, casamentos de amigos e familiares, feriados prolongados e até mesmo funerais, são momentos que fazem o coração chorar, mas ainda assim, chorar em silêncio. É o momento em que a razão tem de falar mais forte que a emoção.
   Perto da data de meu parto, senti muita falta da minha mãe, queria muito estar perto dela, mas não foi possível e apesar de não ter acontecido como planejei, pude notar que algumas situações acontecem apenas para nos fortalecer. Tive meu filho sozinha e de parto normal, como havia planejado, tenho expulsado vários fantasmas que me atormentam e vivido "só por hoje", aprendi a diferença entre família e parente, notei quem são os verdadeiros amigos, conheci novas pessoas e histórias de vida, novos motivos para continuar, e o principal, na grande maioria das vezes, nossa vida é o resultado das escolhas que fazemos.
   Acredito que a maior experiência de tudo que tenho vivido é que, não importa a circunstância não deixe de tentar nunca, e acredito que este é o verdadeiro significado da frase: não se trata do quanto se consegue bater, mas sim o quanto se aguenta apanhar. 

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More