sexta-feira, 6 de novembro de 2015

BRDay NY

   Sempre ouvi falar muito sobre a festa dos brasileiros no final do verão, porém, desde minha chegada não tinha tido a oportunidade de conhecer. Algumas pessoas falavam bem, outras mal, mas a grande verdade é, conheça e tire suas próprias conclusões.
   Faziam dois anos que estávamos longe do Brasil e de muitas coisas que encontramos apenas no país, era final de verão, feriado na segunda feira, tudo muito favorável para se aventurar e conhecer o tal Brazilian Day. Os artistas que se apresentariam nos agradavam bastante: Cauã Reymond como apresentador, Daniel , Ivete, Brown, Tiago Abravanel. Os artistas escolhidos foram o suficiente para nos convencer e enfrentar a cidade em um dia tão agitado.
No domingo saímos pouco depois da meio dia e decidimos ir de trem, afinal, aquele dia deveria ser um tanto quanto complicado para dirigir. A festa acontece na Little Brasil, bem pertinho da Grand Central, então caminhamos por volta de quinze minutos no máximo até chegar. Assim que avistamos o início da festa já fiquei eufórica, estava morrendo de vontade de tomar caldo de cana e comer churros e já haviam me avisado que neste dia tinham muitas barracas vendendo quitutes brasileiros.
   Eu não fazia a menor ideia de quão grande era esse evento, era gente até onde meu olhos não podiam alcançar. Pode parecer bobagem para quem mora no Brasil, mas depois de um tempo, você se esquece de como é uma festa brasileira, tenho que confessar que me senti devolva ao meu país por alguns instantes. Por todos os lados que olhava tinha gente falando português, barracas de comidas típicas para matar a vontade, e meus queridinhos, que estavam me matando de vontade, brilhando diante meus olhos. Confesso que os preços são um tanto quanto salgados, paguei oito dólares em um copo de 300 ml de caldo de cana, mas, mais vale um gosto que um tostão no bolso.
   Depois de matar minhas vontades gastronômicas, fomos aproveitar os shows, e mais uma vez tenho de confessar que foi muito melhor que eu imaginava, nunca fui muito fã do Brown, mas o show dele foi muito bom, até por que dividiu o palco com o Daniel, este último, dispensa comentários (verdadeiro príncipe). Estava perto de anoitecer e o tempo estava fechando, a caminho vinha uma grande chuva, então resolvemos não ficar para o show da Ivete, fomos para a estação e assim que pisamos na mesma, o mundo desabou em um imenso temporal.
   Por muita sorte, chegando em nossa cidade, ainda não estava chovendo por lá, e também tínhamos deixado o carro estacionado bem perto da estação, afinal, não aguentava dar mais nem um passo. Em um apanhado geral, posso dizer que gostei muito da experiência e ao final, me restou a vontade de voltar mais vezes.

*a festa BRDay NY, acontece no último fim de semana do verão, no domingo do feriado do dia do trabalhador.

(Fotos arquivo pessoal)
 

 


1 comentários:

Sempre acompanho suas postagens só não sou muito de comentar rsrs É muito bom o que vc escreve que já dá para ter uma ideia de como é a vida em NY e bom para aqueles que querem ir para NY. Adoro seus posts. E se puder faça vídeos também mostrando como é o dia a dia aí...

Postar um comentário

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More