terça-feira, 3 de novembro de 2015

Acidente de Carro

   É incrível como quando estamos programando e planejando algo que queremos muito, alguma coisa acontece para tirar nossa alegria ou nossa paz. Faltava cerca de dez dias para minhas ferias, e certa noite, meu irmão me chamou por um aplicativo do celular e me pediu para ligar para nossa mãe o mais rápido possível, mas que eu não precisava me preocupar. Pronto, esse era o código oculto para dizer, algo de muito grave esta acontecendo, mas por enquanto ninguém morreu, pode se preocupar.
   Imediatamente peguei o telefone e liguei para minha mãe, ela mal conseguia falar, estava nervosa e ofegante. e eu ainda mais. Com muito custo, minha mãe me falou que meu pai havia sofrido um acidente de carro, praticamente na porta de casa, ela não tinha muitas informações, pois ela estava chegando no local para saber como ele estava. Imaginem a situação, eu do outro lado do mundo, recebendo uma noticia dessas, e sem poder fazer nada.
   Minha família mora em uma chácara, em uma cidade do interior paulista, é um local um pouco afastado da cidade, e para vocês terem ideia do que passamos, a primeira chácara na entrada de onde eles  moram, é dos meus avós paternos, ou seja, meu pai sofreu um grave acidente, na porta da casa dos seus pais. Por se tratar de uma cidade pequena, e por infelizmente, algumas pessoas acharem graça em publicar tragedias em redes sociais, decidiram me contar antes que pudesse descobrir.
   Algum tempo depois, meu irmão me mandou mais noticias, me mandou inclusive fotos do acidente. O carro ficou totalmente destruído, meu pai não estava usando o cinto de segurança, quebrou o vidro do carro com a cabeça e foi arremessado para fora do carro.
   Para resumir muito a historia, meu pai foi levado para o hospital da cidade, um medico que passava o reconheceu e foi falar com ele, desconfiou que poderia ter tido uma fratura na coluna, ligou para um ortopedista. O medico confirmou a suspeita e ele teve de ser transferido para um hospital universitário em uma cidade vizinha. No hospital, foi diagnosticado com fratura na C1, a primeira vértebra da coluna, apesar de toda a gravidade do acidente, ele não perdeu nenhum movimento do corpo, algo que os médicos consideram um milagre, pois em uma situação dessas, o paciente normalmente chega a óbito ou fica paraplégico.
   Sei que meu pai foi negligente em não usar o cinto de segurança, mas me pergunto algumas coisas; se um acidente deste tipo acontece aqui nos EUA, as lesões seriam minimas, uma vez que, se as pessoas no carro não estiverem com sinto de segurança, o carro emite um alerta enlouquecedor, todos os carros são equipados com airbag e estes reduziriam os efeitos da batida drasticamente.
   Agora me pergunto, por qual motivo, no nosso pais, pagamos verdadeiras fortunas pelos carros, e temos produtos de qualidade inferior ao oferecido em outros países? Ate quando vamos pagar mais e levar menos?



*Pessoal, eu fiz uma confusão com os posts, esse deveria ser antes do post Miami. Me perdoem.

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More