terça-feira, 13 de outubro de 2015

Finalmente, nosso apartamento!!!

   Após longos cinco meses, a pessoa que estava morando no apartamento em que iríamos nos mudar, resolveu desocupar o mesmo, foi a melhor notícia que eu podia receber em meses, afinal, finalmente, poderíamos começar a montar nossa própria casa, colocar nossas coisas no lugar, em fim, começar a escrever nossa própria história.
   Assim que tivemos certeza de que o apartamento estava vazio, tratamos de ir conhecer o lugar e começar a limpar. Quando cheguei, a única coisa que pude notar foi o cheiro horrível de cigarro, o lugar estava impregnado, em seguida, percebemos a sujeira, o antigo inquilino era um rapaz que cumpria condicional e morava sozinho, acredito que nunca lhe explicaram o significado da palavra "faxina". Recordo que meu marido e eu demoramos duas semanas, para deixar o lugar habitável, a geladeira e fogão, tivemos de deixar literalmente de "molho" com vários produtos de limpeza (aqui, as casas têm cozinha montada, com geladeira, fogão e microondas) o banheiro então, dava nojo...em fim.
   Já era muito frio, e me recordo que a primeira noite em que dormimos na nova casa, foi em janeiro, no final de semana em que aconteceu o desastre da boate de Santa Maria, confesso a vocês que nunca passei tanto frio na minha vida, o aquecimento do apartamento não era dos melhores e também não tínhamos estrutura para o inverno, mas estávamos felizes por estar no nosso cantinho... Nos dias seguintes, começamos a arrumar nossa casa, montamos nosso quarto, ( já havia sido comprado como expliquei em outro post) pudemos guardar nossas roupas que até então, estavam todas em caixas, e colocamos a mesa e cadeiras no lugar. As únicas coisas que tínhamos era isso, e algumas coisas que havíamos trago do Brasil, como lençóis, caminhos e toalhas de mesa, algumas toalhas de banho, não tínhamos ideia de como seria nossa chegada, nem se teríamos condições de comprar tudo isso logo que chegássemos, então decidimos trazer e foi uma decisão muito acertada, diga-se de passagem.
   Quando terminamos de guardar tudo, nos demos conta que não tínhamos nada, nem mesmo um copo para tomar uma água. Teríamos de começar tudo do zero, panelas, talheres, louça, tudo do mais básico até os pequenos itens de decoração. Daquele dia em diante, todas as horas livres que tínhamos,  tirávamos para comprar nossas coisinhas, descobrimos coisas e lugares incríveis para comprar coisas para casa. A cada ida ao Walmart e Target, voltávamos com várias sacolas e parecia que sempre faltava algo.
    Sempre voltávamos maravilhados, com o quanto era "barato" montar uma casa por aqui (ainda estávamos nos lembrando dos preços do Brasil e fazendo a conversão do dólar, porém isso logo mudaria). A primeira compra do mês então, meu Deus, não tínhamos nada em casa, nenhum tipo de tempero, nada, nada e mais nada. Enquanto precisávamos de coisas pequenas estava tudo bem, o problema, foi quando começamos a procurar por móveis, foi aí que descobrimos que aqui NÃO se PARCELA nada, todos os pagamento são feitos Á VISTA ou no cartão de crédito. Ah, agora ficou fácil, só ter um cartão de crédito, mas de que forma? Se nós simplesmente não existíamos nesse país???

(Continua)

9 comentários:

Que Deus continue abençoando muito a vida de vocês. Muito mais sucesso, sempre! Beijos :*

Este comentário foi removido pelo autor.

Parabéns por todo esforço e pela força!
Assim que vocês chegaram, qual a dica de documentação você dá? É difícil morar aí? O apartamento de vocês é alugado? Que dicas e conselhos você da para quem quer se arriscar a morar em outro país!
Bjsss no baby

Oi Joyce!!

Embora eu conheça um pouco da história de vcs, foi mto legal dedicar uns minutos e ler seus posts todos de uma vez... Saber o seu lado da vivência, o dia a dia aí foi mto legal.

Parabéns pela coragem e determinação!!
Bjo pra vc, pro Diego e agora para o Bryan.

:*

Obrigada Wellen, que Deus abençoe a todos nós. Obrigada por acompanhar. Beijinhos no coração!!!

Bianca, logo vou fazer um post explicando algumas coisinhas, obrigada por acompanhar. Bjinhos no coração!!!

Oi Isabela, muito obrigada mesmo, obrigada pelo tempo, afinal, tempo de uma noivinha prestes a casar é precioso!!! Bjnhos no coração!!!

Amei o blog onde tem a continuação???

Amando seu blog, Joyce, ja esta salvo no favoritos, eu ia sugerir que quando tivesse tempo, vc poderia fazer videos mostrando sua rotina, tour pela casa, pelo bairro, cidade, hehe, tô quase indo morar fora do país, pra ter uma qualidade de vida melhor hehe, sucesso, beijos

Postar um comentário

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More